Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

com certeza que alguns

chegada de férias longe, oiço as declarações de cavaco silva em querença pela primeira vez. a joão já as qualificou com justeza, mas há algo que me parece ainda de frisar. o presidente da república, instado a comentar uma história surgida no público há duas semanas, que cita como fonte um ou mais dos seus assessores e que acusava o governo de espiar a presidência, resolve, após longo silêncio, atribuir a história àqueles ('com certeza que alguns') que desejariam 'afastar as atenções, porque o desemprego é elevado, porque Portugal tem problemas de competitividade, porque existem problemas de insegurança'.

 

ou seja, das duas uma: ou o presidente da república acusa o jornal público de ter forjado a história para favorecer 'esses' que desejam afastar as atenções, ou acusa um ou mais dos seus assessores de estarem a fazer isso mesmo.

 

como não há notícia de qualquer mudança no pessoal da presidência, temos de concluir que cavaco está a acusar o público de favorecer quem gostaria de desviar as atenções desses problemas. como quem poderia desejar o desviar das atenções desses problemas só poderia, por exclusão de partes -- temos a oposição toda aos gritos a dizer que esses problemas são os maiores do mundo e arredores, portanto não poderá ser suspeita de não querer que se fale deles --, ser o governo, então cavaco está não só a acusar o governo de querer esconder esses problemas (o que é muito coerente com a sua afirmação de estar 'acima dos partidos políticos' e de superioridade em relação à luta partidária e sobretudo muito leal e límpido pela forma como é feito), como a dizer que o público está a ajudar o governo nesse desidério.

 

com certeza que alguns vão achar normal que o público e o seu director não reajam a estas declarações como um jornal que tem confiança nos seus jornalistas e nas suas fontes deveria reagir a uma acusação desta monta. com certeza que alguns acham que brincar aos watergates e às teorias da conspiração faz parte da dignidade constitucional do cargo de presidente. 

 

numa coisa podemos crer em cavaco, porém: quando diz, no fim destas declarações, falando de si na terceira pessoa, 'ele não vai desviar-se daí'.

 

adenda: depois de escrever isto, dei com este artigo do pedro marques lopes.

7 comentários

Comentar post

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Pode dar mais detalhes?

  • Paulo Pinto

    por acaso, a expressão do "saber só de experiência...

  • Luís Lavoura

    o melhor método que temos à nossa disposição para ...

  • Luís Lavoura

    É preciso um certo cuidado, pois o facto de algo n...

  • Filipe Gomes

    O problema das medicinas alternativas é o facto de...

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

blogs

media