Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

jugular

And the winner is Mississipi*

Não quero recorrer a uma das falácias lógicas mais exploradas, nomeadamente cá no burgo foi o pão nosso da campanha eleitoral, a falácia de que "correlação implica causalidade". Mas não há como negar que este gráfico, retirado do post "Santos hipócritas", é muito interessante.

 

*A Flórida ultrapassou o Mississippi no número normalizado de pesquisas por Free Gay Porn, mas não conseguiu derrubar o estado natal de William Faulkner na procura por Deus. Já a posição do Texas, o Estado que proibiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo e gostaria de reintroduzir a criminalização da "sodomia", abolida apenas em 2003, só pode ser devida à influência do demo.

Hilariante

Jon Stewart rocks :)

Alguns detalhes da história bizarra de Andrew Shirvell.

May the Force be with you

Como comentei no Facebook, acho mal que, numa altura em que os druidas obtiveram o reconhecimento oficial da sua religião, não haja um esforço análogo para reconhecer a 4ª maior religião no Reino Unido, de acordo com o Census de 2001. Pior ainda, houve uma proposta de emenda para o Racial and Religious Hatred Act, em que explicitamente se excluía os Jedi Knights de qualquer tipo de protecção contra crimes de ódio de base religiosa. É certo que nessa emenda também se excluiam os ateus, mas agruparem o jedeismo e o ateísmo com racismo, sexismo, crentes na mutilação genital feminina ou no sacrifício ritual de pessoas ou animais a divindades sortidas é algo só compreensível quando sabemos quem foi o proponente e grande defensor da dita cuja lei: Tony Blair.

Pior a emenda que o soneto

Os anúncios que referi no post «Mas então isto não era um país tão ultra-católico que foi precisa a tolerância de ponto?»* aparentemente causaram tanta hilariedade que, mais de um dia depois, lá foi cozinhada a explicação para a coisa. De acordo com o Público, «A Adecco Recursos Humanos informa, em comunicado, ter sido contactada por uma “empresa de organização de eventos” que “decidiu desenvolver uma acção de comunicação” ( não explicitada) aproveitando a deslocação de Bento XVI a Portugal, entre 11 e 14 de Maio, em Lisboa, Fátima e Porto.». Ainda segundo a empresa de emprego temporário, devido à urgência da coisa, «o título do anúncio colocado referia, erradamente, que se tratava da contratação de apoiantes ao Papa Bento XVI, em vez de apoiantes a uma acção a decorrer durante a visita de Sua Santidade»-

 

A mesma urgência deverá certamente explicar que a baralhação se tenha transmitido aos entrevistados. De facto, de acordo com um deles, contactado pelo Sapo, foi-lhe «transmitido que esta acção de apoio ao Papa no Porto procura minimizar os efeitos de possíveis manifestações "anti-Papa" durante a missa de Bento XVI na Avenida dos Aliados».

 

*Curiosamente, foi hoje revelado o resultado de uma sondagem da Intercampus para a TVI que indica que mesmo os que se identificam como católicos em Portugal discordam do Papa (para que não se recrutou claque) nos assuntos que têm sido a imagem de marca do seu papado. Assim, não só a maioria dos católicos é a favor da despenalização do aborto e da eutanásia, como a esmagadora maioria é a favor da utilização de contraceptivos, 95%, e de relações sexuais antes do casamento (84 %).

Mas então isto não era um país tão ultra-católico que foi precisa a tolerância de ponto?

então porque cargas de água a ICAR sentiu a necessidade de recrutar figurantes, pagos à hora, para irem, de t-shirt alusiva à coisa, agitar bandeirinhas para a missa nos Aliados? (via Esquerda Republicana)

A culpa é sempre da Eva

 

Está explicada a actividade sísmica dos últimos tempos:«Muitas mulheres não se vestem modestamente ... levam os jovens à perdição, corrompem a sua castidade e disseminam o adultério na sociedade, o que (consequentemente) aumenta o número de sismos», explicou Hojatoleslam Kazem Sedighi, o clérigo iraniano que conduz a oração de sexta-feira em Teerão.

 

Imagem: Adão e Eva de Tamara Lempicka

Um aviso presciente?

 

 

Não, não é essa pequena morte. O cartaz foi fotografado em Little Five Points em Atlanta e Le Petit Mort é uma boutique local.

Espuma dos dias

Perdidos e achados

Ainda a propósito disto, para além da perna humana calçada com uma bota, no meio dos peixes e moluscos mortos, foram encontrados os seguintes itens:

  1. Uma orelha humana com brinco;
  2. Uma orelha de porco de coentrada;
  3. Dois dentes humanos com palito e um pedaço de molusco por retirar;
  4. Um cotovelo com cotoveleira de BTT;
  5. Um antebraço humano com a tatuagem "Angola 69";
  6. Um chispe esquerdo de porco afiambrado à alentejana com a tatuagem "amor de mãe";
  7. Um pénis humano (macho) circuncidado;
  8. Um dedo no nariz (ambos humanos);
  9. Um olho humano semicerrado;
  10. Um testículo humano descaído;
  11. Um pé de atleta;
  12. Uma azia;
  13. Vários bicos de papagaio;
  14. Uma unha humana encravada;
  15. Um cilício peniano;
  16. Um intestino preguiçoso com restos de bifidus activo;
  17. Uma axila humana com pêlos;
  18. Uma sobrancelha humana;
  19. Um buço;
  20. Uma maçã de adão;
  21. Um sinal de nascença;
  22. Uma barriga de perna humana com cãibra;
  23. Um pneu de barriga humana;
  24. Uma cara de pau;
  25. Um joanete;
  26. Um pé chato;
  27. Caspa humana;
  28. Um mênstruo;
  29. Um hímen complacente;
  30. Uma defloração;
  31. Um orgasmo múltiplo;
  32. Um banco de jardim;
  33. Uma bicha solitária;
  34. Uma boca foleira;
  35. Uma cabala;
  36. Uma careca humana;
  37. Um calcanhar de aquiles;
  38. A marca que a esquerda radical colocou no Ferreira Fernandes;
  39. Uma dor de corno e um esgar (vêm agarrados);
  40. A pomba da paz;

Os artigos acima mencionados serão devolvidos a quem provar ser seu proprietário.