Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

jugular

"Saúde em igualdade", um projecto da ILGA

O projeto “Saúde em Igualdade”, da Associação ILGA Portugal, teve como principal objetivo a recolha de dados empíricos sobre os desafios e as barreiras que as pessoas lésbicas, gays, bissexuais e trans (LGBT) encontram no acesso a cuidados de saúde adequados e competentes.

​O projeto foi financiado pela ILGA-Europe no âmbito do seu .Human Rights Violations Documentation Fund. Esteve em curso durante o ano de 2004, tendo a recolha de dados sido efetuada entre junho e novembro. Participaram no projeto 629 pessoas (600 participantes LGB e 29 participantes trans), através do preenchimento de questionários de auto-relato. Foram ainda realizadas entrevistas a um pequeno grupo de profissionais de saúde.

Consultar todos os resultados aqui.

 

PRINCIPAIS CONCLUSÕES

 

Bolas, isto é disfunção cognitiva.

Já estou - estamos, por estas bandas - marreca de berrar contra a baralhação pedofilia/crime de abuso de menores por isso já nem comento os títulos mediáticos dos últimos dias sobre este assunto. Não é, então, o título "Passos Coelho: Bases de dados de pedófilos "é o que melhor defende as crianças"" que aqui me traz hoje, é mesmo a estupidez, a insensibilidade e a falta de razoabilidade e de ética de um sujeito, que por acaso é PM do meu país, em ter puxado este assunto na visita a uma... creche. 

Vá, gentes, preciso ajuda.

O serviço de psiquiatria da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) tem neste momento a funcionar um hospital de dia. As intervenções terapêuticas em hospital de dia, como o nome indica, são feitas em ambulatório e implicam deslocações frequentes dos doentes às instalações do serviço, em Beja. As distâncias por estas bandas são grandes, a rede de transportes públicos no distrito é escassa e as dificuldades económicas da maioria das pessoas que necessitam de intervenção em hospital de dia são óbvias (mesmo quando não cumprem os requisitos de "insuficiência económica" previstos na lei os gastos acrescidos que as deslocações frequentes determinam pesam no orçamento).

Preciso de ideias, sugestões e colaboração prática para conseguir arranjar uma carrinha para o transporte de doentes do hospital de dia do serviço de psiquiatria da ULSBA.