Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

jugular

Primeiro "post"

Há um curto aforismo de Nietzsche que diz assim: “Também o mais corajoso de nós só raramente tem coragem para aquilo que ele sabe...” Sabemos muitas coisas com as quais temos uma particular dificuldade em confrontar-nos. Sobretudo quando escrevemos, tendemos a mantê-las à distância e, pior, a criar (sem nos apercebermos disso) um discurso que visa mantê-las à distância: justificações, histórias, falsas memórias, pequenas omissões, simplificações, auto-embustes, auto-estilizações — tudo nos serve para não escrevermos sobre aquilo que “sabemos”. Por vezes é a simples preguiça mental que nos impede de tentar pensar e clarificar as coisas que são realmente importantes para nós, e por isso as mantemos à distância. Admiramos, por outro lado, as pessoas que fazem o contrário disso. Como Nietzsche, por exemplo — ou como Marco Aurélio, que, por razões que não vêm ao caso, dei por mim a reler recentemente. Não me lembrava de todo como é espantoso logo o primeiro livro das Meditações! Marco Aurélio faz um longo agradecimento às pessoas que foram, para ele, um exemplo vivo dos valores que acabaram por tornar-se os seus. Agradece, por exemplo, ao seu tutor por lhe ter feito ver a importância de fazer orelhas moucas às falsas acusações e à maldicência; a Apollonius por lhe ter ensinado a não procurar saber outra coisa senão de que lado está a razão; a Maximus, a boa disposição na doença, entre várias outras coisas; ao seu pai adoptivo, a descrença na superstição; a Severus, o ideal de uma constituição com uma só lei para todos, desenhada com base no princípio da igualdade e da liberdade de expressão, bem como de um poder soberano que estime, acima de tudo, a liberdade daqueles que são governados. (Lembro-me muitas vezes do meu espanto adolescente quando, em 1985, durante a campanha eleitoral, Mário Soares se auto-definiu solenemente como “laico, republicano e socialista”. Eram estes os valores que era suposto que eu tivesse,  era isto que, no fundo, era suposto que também eu fosse — e que na verdade já era sem o saber.) Não sei ainda bem o  que irão ser as minhas contribuições para este blog. Mas espero ter, pelo menos, alguma coragem para escrever com honestidade sobre sobre aquilo que “sei”... — pois são assim as outras pessoas que aqui escrevem, e que já há algum tempo conheço.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Manolo Heredia

    O imagem de neutralidade não tem nada a ver com a ...

  • Sandra Wink.Wink

    O que me preocupa é esta mediatização da questão d...

  • Jorge Rodrigues

    bem...independentemente do credo religioso ou polí...

  • Miguel Madeira

    A minha opinião - a partir do momento em que se ad...

  • JgMenos

    A esquerna deve ter um par de mantras para dar res...

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D

Links

blogs

media