Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

srs comentadores da sic-not mais moderador e director da estação, a próxima vez que discutirem programas de partidos, importam-se de os ler antes?

num debate na sic not que terminou há pouco, josé manuel fernandes afirmou que 'o casamento dos homossexuais não está no programa do partido socialista, o que está é as uniões de facto'. um dos presentes -- não percebi se adelino maltez se daniel oliveira, creio que o primeiro --, corroborou: 'não, pois não'. nem o moderador, o jornalista josé antónio teixeira, nem o outro membro do painel, a politóloga marina costa lobo, contrariaram esta versão.

 

será possível que nenhum dos presentes, que estavam ali para discutir as perspectivas para as eleições legislativas e ponderar a importância das diferentes propostas, e que relevavam o facto de as 'mundividências', ou seja, o contraste entre o conservadorismo de ferreira leite e a modernidade de sócrates, serem determinantes, não fizessem ideia do que está no programa do ps em relação a esta matéria, que tem sido tão debatida e é por alguns, entre os quais se conta josé manuel fernandes, até apelidada  de 'fracturante'?

 

é certo que o jornal que josé manuel fernandes dirige publicou uma notícia em que afirmava que o casamento das pessoas do mesmo sexo estava fora do programa do partido. fica bem a josé manuel fernandes fazer fé no seu projecto, até porque o público não desmentiu a notícia, mas qual é a desculpa dos outros quatro?

 

recordemos, pois, pela enésima vez, o que está no programa:

 

Mais igualdade, combater as discriminações
(...)
Propor a aprovação de uma Lei da Igualdade;
Remover as barreiras jurídicas à realização do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo;
Aperfeiçoar os mecanismos de apoio a vítimas de discriminação em função da orientação sexual e identidade de género;

 

(página 76)

 

que parte é que não se percebe?

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    rb 02.09.2009

    Será que a qualidade dos progaramas eleitorais afere-se apenas pelo número de páginas, Luís Lavoura?
    E será que as pessoas vão ler o programa do PSD apenas porque tem muito menos páginas que os outros?
    Parece-me que ninguém lê os programas dos partidos. Nem mesmo os que vão à TV para os debater, o que é sintomático.
    Um programa eleitoral significa um compromisso com os eleitores para governar o país. Lembro-me bem que algumas das medidas mais impopulares do governo de Sócrates foram justificadas com o argumento de que elas constavam do seu programa eleitoral e que o PS não tinha culpa de terem votado nele sem o lerem.
    O programa do PSD só tem 40 págs. porque eles não querem revelar as outras tantas. E não o fazem para não assustar os portugueses com aquilo que verdadeiramente pretendem (sonham) fazer. Como disse António Borges, o programa do PSD é um "programa prudente" ...
  • Sem imagem de perfil

    Luís Lavoura 03.09.2009

    Não fiz qualquer comentário depreciativo sobre o número de páginas do programa do PS, nem o comparei com o do PSD. Nem tenho nada a dizer sobre a qualidade de qualquer deles. Apenas disse que dificilmente um comentador televisivo terá tempo e paciência para ler 170 páginas, e que o dinheiro que recebe para comentar na televisão dificilmente chegaria para remunerar tal serviço.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Arquivo

    Isabel Moreira

    Ana Vidigal
    Irene Pimentel
    Miguel Vale de Almeida

    Rogério da Costa Pereira

    Rui Herbon


    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Comentários recentes

    • Fazem me rir

      So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

    • Anónimo

      Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

    • Anónimo

      Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

    • Anónimo

      "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

    • Anónimo

      apos moderaçao do meu comentario reitero

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D

    Links

    blogs

    media