Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Shyznogud 31.01.2010

    Re-citando alguém "Nunca temos certezas dessas,(...), a não ser que queiramos pessoas criadas sem família e vestuário inteiramente uniforme e ditado pelo Estado, o que assumo que não é o caso. Os nossos países estão cheios de mulheres e homens com inúmeros aspectos da sua vida fortemente condicionados pela família e pelo restante contexto cultural, e não nos passa pela ideia resolver o assunto por leis intrusivas."
  • Sem imagem de perfil

    JP Santos 01.02.2010

    "criadas sem família e vestuário inteiramente uniforme e ditado pelo Estado"
    O que não resolvia o problema apenas substituia uma opressão por outra ainda pior. Mas a questão não é essa e não vi ninguém defender essa posição. 

    Utilizando o mesmo raciocinio demagógico diria que nessa lógica deviamos acabar imediatamente com todas as leis intrusivas em matéria de vestuário (ou da ausência dele) e por exemplo permitir que os naturistas se delsocassem "em pelo" em espaços públicos.  

    A questão não é saber se devem existir limites ao "relativismo moral e cultural". A questão é saber onde se impõem esses limites e saber se o veu integral ultrapassa ou não o que deve ser tolerável.

    Com todo o respeito por opiniões diversas, penso que no caso do veu integral a resposta é que ultrapassa essa fronteira , não por razões estéticas ou culturais, mas porque (mesmo quando usado voluntariamente - situação que penso corresponder a uma minoria) constitui um simbolo de discriminação contra a mulher que contraria valores fundamentais.

  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Arquivo

    Isabel Moreira

    Ana Vidigal
    Irene Pimentel
    Miguel Vale de Almeida

    Rogério da Costa Pereira

    Rui Herbon


    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Comentários recentes

    • Fazem me rir

      So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

    • Anónimo

      Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

    • Anónimo

      Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

    • Anónimo

      "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

    • Anónimo

      apos moderaçao do meu comentario reitero

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D

    Links

    blogs

    media