Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

O Zé Tó

Depois do adiamento por razões de estado (as in "estado" da megalomania habitual) da licença-para-disparatar, esperava no mínimo um golpe, em directo, ao dito das tais razões. Afinal, a montanha pariu um rato: foi mais uma espécie de confissão de sacrílego. Ouvido ontem de manhã na Comissão Parlamentar de Ética, o ex-Director do Expresso, ora chefe de um jornal angolano (olhó racismo, ó Cabrita) também vendido em Portugal, confessou que, na publicação das escutas (arremedo de, digo eu), usou de "uma certa noção de pudor".

Em rigor, afiançou que "temos uma certa noção de pudor" foram estas as palavras. Parece que a "certa" noção de pudor que buliu com o futuro Nobel terá tido a ver com uns caralhos e uns filhos-da-puta (conas da tia?) atirados pelos escutados e que o Zé Tó decidiu não afixar. Uma certa noção de vergonha levou o eterno filho e sobrinho a não publicar umas caralhadas, portanto. Pena que o rubor moral não tenha sido total. Por menos uns kwanzas, o Estado de Direito (o Português) teria sido menos metralhado. Não vá o diabo tecê-las, afianço que isto não é uma tentativa de intimidação. Portanto, chefe, se te voltarem a chamar à Estrada da Cartuxa, isso é, estou certo, pró teu bem.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media