Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

PEC e o corte nas despesas sociais

Anos                                             2008    2009    2010    2011    2012    2013   

Prestações sociais em % do PIB 19,9%  21,8%  22,1%  21,9%  21,8%  21,5%

 

(fonte: quadro IV.5 do PEC)

 

Isto vale o que vale, mas importa colocar as coisas em perspectiva - sobretudo na perspectiva correcta. Quando se fala em corte nas despesas sociais, é preciso não esquecer que, primeiro, as políticas anti-crise têm de ser temporárias, segundo, há compromissos de redução da despesa que não podem ser ignorados e, terceiro, que em 2013, isto é, mesmo depois de todos os cortes draconianos que este PEC prevê, as prestações sociais ainda estarão bem acima dos valores de 2008. Mais: não tenho aqui os dados, mas convinha recordar que, entre 2005 e 2008, já tinha PS investido de forma muito significativa na área social, corrigindo e invertendo a trajectória seguida pela aliança PSD-CDS. É certo que se corta, mas há cortes e cortes -  e há uns mais injustos que outros. A justiça é sempre a justiça possível, não apenas a desejável. Em todo o caso, este PEC não implica a destruição do património construído pelo PS, antes pelo contrário. Tudo depende do horizonte temporal que escolhemos para fundamentar a nossa posição.

 

(este post é dedicado ao Paulo Pedroso e ao Pedro Adão e Silva)

6 comentários

Comentar post

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media