Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

jugular

Parece que de acordo com alguns católicos indignados..

... o Ministério da Saúde do Perú, que tem um resposável, tal como o Vaticano também o tem, anda a cometer barbaridades, tais como distribuir a pílula do dia seguinte e, mais grave, a aconselhar o uso do preservativo, não tendo em conta, imagine-se, que estamos em plena semana santa, sobretudo quando é sabido, alegam, que não existe "sexo seguro" e que "Con el preservativo quedan embarazadas aproximadamente un 10% de las mujeres al cabo de un año de uso. Si no es una barrera infranqueable para los espermatozoides, menos aún lo será para el virus del Sida, que es 500 veces más pequeño. Un sodomizador seropositivo hará correr un riesgo de por lo menos uno entre diez de contraer la enfermedad mortal, por lo que es totalmente imposible calificar de mal menor un comportamiento tan peligroso para otro ser humano".Como puede suponerse, decir que el preservativo es eficaz para prevenir el SIDA es un absurdo".

Pedem, claro, a demissão do Ministro.

É ler os assassinos que apelidam o Ministro de assassino aqui.

Imbecis, portanto

'Mas o que não me escapa agora é a caça ao padre. Já começou, e vai continuar. Vai, vai. É uma fé que tenho: acredito na má-fé dos imbecis. Imbecis, porquê? Quem em nome de uma causa (combater a pedofilia) atira a torto e a direito, serve aqueles que combate porque banaliza os pulhas e até acaba por os ocultar. Imbecis, portanto.'

 

Ferreira Fernandes, DN, 30 de Março

A luta errada

Os enfermeiros dizem que são discriminados porque as tabelas salariais da função pública devem ser iguais para todos os licenciados em inicio de carreira. Vão-me desculpar, mas qual é o sentido de se dizer isto sem atender às diferenças salariais praticadas no sector privado? É óbvio que o Estado deve regular o mercado, mas isto não significa que o Estado substitua completamente o mercado e passe a ser uma realidade independente deste. Se os enfermeiros ganham mal, então devem ser todos os enfermeiros, e não só aqueles que querem ingressar no sector público, a lutar por melhores salários. Esta é uma luta que faz sentido. Mas parece-me que não é a luta que está a ser travada.

Pág. 33/33

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media