Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

coisas nada relativas

quando alguém, para se justificar do facto de ter postado um texto execrável (para dizer o mínimo), mete pelo meio uma historieta sobre hitchens comparando-lhe a posição à do autor do post citado (qualquer pessoa, e é o meu caso, que seja admiradora e conhecedora de hitchens fica varada) e lhe acrescenta, para colorido, o relevantíssimo pormenor do que leu num papel numa cadeira, percebemos que se trata de arrependimento.

 

caro francisco, já percebeu que aquele texto que reproduziu sem um comentário, como quem o subscreve na totalidade e que agora diz que não teria escrito, é muito mau. óptimo. lamento que para tergiversar conte a historieta do papel na cadeira -- que a mim também me pareceu muito ridícula quando ma contaram mas que só pode ser assacada a quem lá o colocou. de uma coisa, porém, pode estar certo: eu não teria qualquer problema em sentar-me ao seu lado. para ouvir o hitchens ou para protestar contra a lapidação. é capaz de ser essa, na matéria em apreço, a mais fundamental diferença entre nós. a mesma que em 2006 me levou a ir à porta da embaixada da dinamarca manifestar-me pela liberdade de expressão. não perguntei quem ia estar ao meu lado. fui.

 

em adenda, um relato da 'manif' frente à embaixada da dinamarca. incrível, diz-se quem lá estava.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media