Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

O elogio da loucura

Disclaimer: este vídeo é uma sátira.

Hoje, dia em que se assinala mais um aniversário do atentado insane que transformou o Mundo, as atenções estão focadas num pequeno grupo de fanáticos, não muito diferente, no pensamento se não nas acções, do pequeno grupo que há 9 anos organizou e levou a cabo os ataques terroristas.

 

O principal protagonista destoutro grupo é Terry Jones, pastor do Dove World Outreach Center, em Gainesville, Flórida, que lançou há anos uma cruzada contra o islamismo, transcrita no livro Islam Is of the Devil ("Islão é do Demónio", em tradução livre mas aceite por mais loucos como Jones). Jones ganhou fama mundial quando divulgou na internet a sua proposta de transformar o dia de hoje no Dia Internacional de Queima do Corão. Mas Jones é um fanático que se limitou a cavalgar a onda das teorias da conspiração que surgiram logo que foi conhecida a intenção de construção de um centro cultural islâmico em  Manhattan, a alguns blocos de distância do Ground Zero. Os habituais teóricos de conspirações não perderam tempo a efabular sobre uma congeminação islâmica global de erigir "uma mesquita da vitória" no Ground Zero; Newt Gingrich foi ao ponto de descrever o projecto como parte de um plano maquievélico que teria como objectivo trazer os EUA para a tutela da lei islâmica.

 

O Weekly Standard chegou mesmo a tecer uma teia diabólica que ligaria o imam que dá a cara pelo projecto ao Hamas, à frota de Gaza, a jihadistas paquistaneses e até aos ditadores clericais do Irão. Estes não quiseram deixar os créditos de uma "boa" teoria da conspiração por mãos alheias e Mahmoud Ahmadinejad afirmou ontem que o Dia Internacional de Queima do Corão na realidade não é da responsabilidade de um alucinado e da sua meia dúzia de seguidores mas sim de um "complot sionista".

 

O que é completamente idiota em toda esta história já de si idiota é o facto de tantos e tão importantes terem reagido às declarações de um louco, que tem dificuldades em decidir se vai ou não levar para a frente o seu projecto - embora isso não obste a que já haja a lamentar vítimas de outros fanatismos. Estou certa que as proporções que a coisa atingiu se devem ao facto de terem reagido às alucinações do senhor não só as mais altas instâncias dos Estados Unidos, primeiro através do general David Petraeus, a que se seguiu a  secretária de Estado, Hillary Clinton, o de Defesa, Robert Gates, e o próprio Obama, como o meio mundo que veio a público condenar a palermice de Jones, de Jorge Sampaio a Fidel Castro passando pelos mais altos dignitários do Vaticano.

 

Fiquei em particular muito desiludida com a alocução de Obama que, depois do que estou certa agora ter sido uma distracção, o reconhecimento no seu discurso de tomada de posse de que os não crentes fazem parte da nação, confirmou a sua errada convicção de que a paz no Mundo, ou outro qualquer propósito de Miss Universo, se consegue com claudicações a ditames religiosos sortidos e caiu no seu erro recorrente, o erro de confundir identidade religiosa com identidade nacional.

 

O único ponto positivo nesta história é talvez a reacção de Newt Gingrich, um dos principais urdidores de teorias da conspiração assentes em generalizações populistas e abusivas,  que comentou, muito racional e acertadamente - o que já em si é algo inaudito - que todo este episódio apenas mostra que nos EUA «como em todos os países, há algumas pessoas que são ultrajantes e que não representam o país». Uma conclusão fantástica que podemos apenas esperar Gingrich alargue a outras pessoas e a outras situações, nomeadamente a fanáticos ultrajantes de outras religiões.

1 comentário

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media