Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

jugular

Mais subversões: The Misadventures of Romantic Cannibals

Enrique Chagoya é um nativo da Cidade do México que emigrou em 1977 para os Estados Unidos onde estudou arte no San Francisco Art Institute e em Berkeley. Actualmente um artista aclamado, lecciona em Stanford e nas suas obras investiga a aculturação que experienciou. Nas suas próprias palavras, «My artwork is a conceptual fusion of opposite cultural realities that I have experienced in my lifetime. I integrate diverse elements: from pre-Columbian mythology, western religious iconography and American popular culture».

 

«The Misadventures of Romantic Cannibals» é constituido por 12 painéis arranjados como um codex asteca, descrito pelo artista como «based on the idea that history is told by those who win wars. Previous historic accounts are erased, destroyed or buried in oblivion. A new official story is invented in order to justify the new reality of events. Cultures are transformed and often completely destroyed by conquering ones. The world is endlessly re-mapped and re-named, with new rules and rulers in recurrent holocausts. New "world orders" come and go in the middle of ideological frenzy».

 

Em particular, a obra é uma colagem que explora «a corrupção do espiritual pelas igrejas»  mas em que «o objectivo» «é expressar a minha preocupação em relação às instituições religiosas e não às crenças em si». Ou antes, era, porque foi destruída por uma devota que, incensada pelas tolices e ululações de ignorantes como os que vemos no vídeo e ofendida pela obra que nunca vira mas ouvira descrita como sacrílega, pornográfica e blasfema (duvido que tenham sido as referências a estereotipos étnicos, a simbologia maia ou as porcas em biquini a que ora Maomé que mereceram os epítetos), pegou no camião e fez a longa viagem do Montana para o Colorado (cerca de 1600 quilómetros)  «especificamente para destruir a peça por razões religiosas».


Kathleen Folden, descrita como uma «mulher de muita fé» e louvada como uma heroína/mártir, considera que não é culpada de qualquer crime porque a obra «profana o meu Senhor». Não tenho dúvidas que os devotos comentadores do «Subversões» concordam pia e plenamente...

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media