Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

Incapacidades metafísicas

seminario portugal V.M. Hach Ben Faqui (2) from metafisica cosmica on Vimeo.

Quem leu o livro de Carl Sagan de que falei no post anterior, «O Mundo Infestado de Demónios», está familiarizado com Carlos, o suposto espírito de 2000 anos que «possuía» Jose Luis Alvarez e lhe transmitia a sua «sabedoria» milenar. Na realidade, «Carlos» era uma experiência conduzida por James Randi em conjunto com o programa «60 Minutes» australiano cujo objectivo era demonstrar quão fácil é fabricar um «psiquíco» de sucesso em apenas uma semana.

 

E o resultado da experiência superou as expectativas. Em poucos dias, «Carlos» era sensação em terras australianas, convidado em programas nas estações de maior audiência do país. Alvarez não teve falta de clientes para a tralha que acompanha estes supostos psíquicos, no caso «cristais curativos», as suas lágrimas e livros - incluindo um folheto intitulado «A sabedoria de Carlos», que debitava em péssimo inglês «verdades» profundas como «A gravidade não é difícil de explicar; podem ver que é mais fácil as coisas caírem para baixo que para cima». Centenas de australianos foram assistir à sua apresentação, na Sydney Opera House, da qual saíram convencidos da autenticidade de «Carlos».

 

Este fim de semana deparei no Facebook com um post que denunciava uma fraude ainda mais óbvia que esta enunciada por Sagan, um  ...er... curso (?) ministrado pela  Associação Metafísica Cósmica (?!), uma coisa que «tem a finalidade de entregar e explicar os Ensinamentos dos Mestres Ascensos e dos Irmãos da Federação Galáctica, assim também dos Grandes Mestres Metafísicos que tem caminhado sobre o Planeta Terra». Os mais incautos (quantos terão sido?) foram ainda convidados a desembolsar a módica quantia de 50 euros para assistir ao 2º congresso da coisa, cujo anúncio é tão estulto que nem sequer chega a estar errado, não faz qualquer sentido.

 

Os charlatães que vendem palermices New Age normalmente debitam barbaridades pseudo-científicas como suporte dos seus produtos. Esta banha da cobra em particular resolveu acrescentar uma vertente, ou antes pervertente, filosófica, explorando irracionalmente um termo que muitos confundem, erradamente, com espiritismo ou quejandos (uma confusão tão idiota como confundir astrologia e astronomia): a metafísica a que os charlatães acrescentam cósmica para ter mais impacto.

 

Na página da banha da cobra, ignorando a música nauseante e clicando em «Metafísica Portugal», descobrimos um chorrilho de tonterias imbecis que nos pretendem explicar que a metafísica, capitalizada, visa «o regresso a casa», às estrelas de onde viémos «para experienciar a dualidade». Claro que não importa que a metafísica não seja nada disso, a metafísica tem como objectos de estudo, filosófico e racional, não místico ou religioso, aqueles aspectos da realidade que são insusceptíveis de serem estudados empírica ou formalmente.

 

Tanto quanto saiba, a primeira pseudo-universidade de «ciências» metafísicas foi fundada na Califórnia há uns (poucos) anos por alguém que reclama o título de Doctor of Divinity (que tenho dúvidas como traduzir) em «Ciências» Metafísicas e um doutoramento em Aconselhamento Metafísico. A pseudo-universidade, ligada à Igreja Universal da Metafísica, não tem qualquer tipo de acreditação mas «vende», na página destinada a convencer os mais incautos, uma acreditação fictícia por associações new age dúbias que dão pelo nome de AADP, American Association of Drugless Practitioners e AAMA, American Association Of Medical Alternatives (o facto das páginas de internet de ambas serem igualzinhas a menos de uns pormenores é certamente coincidência...).

 

Não sei se, como a banha da cobra orginal, esta corrupção da filosofia por mais um misticismo irracional New Age inclui nos cursos «metafísicos» que ministra coisas como comunicação com anjos, milagres e reeencarnação. Mas percebi, num dos artigos da coisa, que o espírito que reverenciam tem «Retiros etéricos» na Terra onde, pelo menos num deles, existem «registos das civilizações antigas». A prosa e tema dos artigos recordaram o best seller que rendeu milhões a Rhonda Byrne, O Segredo*. Por outro lado, na palestra anunciam que irão tratar «assuntos científicos (?)», nomeadamente a treta «2012: a data da grande mudança», em termos que me são muito familiares de outra charlatanice de que já falei na jugular, a «activação» de ADN. Ou seja, os «inventores» desta patetada patética limitaram-se a coligir banhas da cobra de sucesso comprovado rearranjando tretas New Thought com uns pós de outras tretas New Age num arrozoado infeliz de termos científicos e meta-filosóficos misturados pelo DJ Vibe.

 

*assente numa tal de lei da atracção copiada do que foi a base de vários esoterismos, «Os 7 princípios herméticos». O hermetismo remete a Hermes Trimegisto, associado a vários deuses em mitologias sortidas, da grega à egipcia, que supostamente era o «Grande Mestre» de três civilizações - duas delas imaginárias- , a Lemuriana, a Atlante e a Ariana.

7 comentários

Comentar post

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Links

blogs

media