Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

getting older

Primeiro foi o choque, no ano passado, ao verificar que o Blade Runner tinha feito 30 anos. Um dos filmes mais marcantes da minha geração, aquela obra-prima que não envelhece e não acusa nem o passar dos anos nem a altura em que foi feito, completava três décadas. Meu Deus, tanto tempo. Depois, há uns meses, novo arrepio: agora era Quem Tramou Roger Rabbit?, o prodígio da animação combinada com filmagem "real" que revisitava os personagens clássicos (já muito clássicos, em 1988) da Disney e dos Looney Tunes, que faz um quarto de século. Mas o mais bizarro estava ainda para vir. Há duas semanas, completaram-se 30 anos sobre a estreia de Flashdance. Não é que eu tivesse sido fã do filme ou que me tivesse marcado por aí além. Pelo menos, que tivesse dado por isso na época. Mas passado tanto tempo - revi-o há dias - , pude constatar que sim,  foi uma verdadeira revolução. A MTV dava os primeiros passos e o primeiro videoclip (Video Killed the Radio Star, dos Buggles) era ainda uma coisa relativamente recente. Uma história simples, pobrezinha e convencional, sem rasgos interpretativos e com elenco mais ou menos obscuro que não passa de um suporte ao essencial: uma justaposição de clips bem concebidos, dançados e filmados. Quem não se lembra da Jennifer Beals e do seu duche em palco (ou da sua stunt)? Esta inversão é hoje banal e corriqueira (o primado da forma, do embrulho, da imagem ou dos efeitos especiais sobre o conteúdo, o argumento ou a realização), mas na época era novidade. E há outra: não me lembro, até essa data, de outro filme com tal carga de presença feminina, onde uma das músicas ponha uma mulher a dizer "I'm goin' on a manhunt, turn it around / Women have been hunted, now they're huntin' around" e onde a protagonista diga, com todas as letras, "in fact, I fucked his brains out".

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media