Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

Mas porquê? Porquêêêêê?

Achei eu que com a das "meninas d'Odivelas" tinha ficado tudo dito. Que enganada estava, ainda faltava a cereja em cima do bolo,  a falta de "consenso" na cena do "internato misto" é mortal. Que figureta mais triste, demagógica e indefensável, Gabriela Canavilhas.


Ps: Eis uma razão objectiva para que a realidade se altere.


Adenda: pergunta o Porfírio Silva e eu reforço a interrogação «Quem defende que uma escola é "destruída" por deixar de ser "masculina" e passar a aceitar raparigas - o que é que imagina que se ensina (ou deve ensinar) nessa escola "de homens" ?»

5 comentários

  • Imagem de perfil

    Ana Matos Pires 15.09.2013

    Sabe, Pedro, tenho sérias e sustentadas dúvidas no prejuízo emocional que esta situação trará. O saudável desenvolvimento de um adolescente faz-se, também, com a diversidade e com a aproximação à realidade social onde está inserido e não creio que o CM e o IO fossem boas réplicas dessa realidade.
  • Sem imagem de perfil

    Pedro Lérias 15.09.2013

    Não é esse um argumento contra famílias homoparentais?

    Os alunos no IO e CM continuam a conviver com a realidade social que os rodeia. Aliás, existem estudos contraditórios sobre a validade de educação-unissexual. Mas nada disto invalida o seu argumento poder ser válido.

    Mas o que mais me preocupa não é o futuro é o agora dos actuais alunos. Como já escrevi, é difícil explicar como muitos alunos interiorizam estas instituições como sua casa. Também é difícil explicar como estas alterações, a sua velocidade e a falta de consulta dos corpos de alunos e pais contribuem de facto como factor de enorme stress para estes alunos e alunas. Mas contribuem.
  • Imagem de perfil

    Ana Matos Pires 15.09.2013

    É o argumento que erradamente e de modo distorcido é usado e que não corresponde à realidade dos factos, ao contrário do que acontece aqui.
  • Sem imagem de perfil

    Pedro Lérias 15.09.2013

    Tem então dados que substanciam a afirmação que o CM misto trará vantagens ao desenvolvimento emocional dos seus alunos?
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Arquivo

    Isabel Moreira

    Ana Vidigal
    Irene Pimentel
    Miguel Vale de Almeida

    Rogério da Costa Pereira

    Rui Herbon


    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Comentários recentes

    • Fazem me rir

      So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

    • Anónimo

      Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

    • Anónimo

      Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

    • Anónimo

      "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

    • Anónimo

      apos moderaçao do meu comentario reitero

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D

    Links

    blogs

    media