Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

R.I.P Albino Aroso

 

 

 

No dia da sua morte uma vénia a este senhor espantoso, que fez brutalidades pela saúde reprodutiva das mulheres e, consequentemente, da saúde materno-infantil em Portugal.

 

Adenda: uma biografia bastante completa na TSF, de que realço:

 

Foi na década de sessenta que Albino Aroso se tornou num verdadeiro militante do planeamento familiar. Envolveu-se empenhadamente na fundação da Associação para o Planeamento da Família, que surgiu em 1967, e participou no processo de integração dos médicos hospitalares nas correspondentes carreiras, como delegado da Ordem dos Médicos.

Em 1969 foi nomeado diretor do Serviço de Ginecologia do Hospital de Santo António, cargo que ocupou até à aposentação. Já na qualidade de diretor, e nesse mesmo ano, criou a primeira consulta pública e gratuita de planeamento familiar, uma ousadia para a mentalidade dominante ao tempo. Em 1974 foi eleito para o Comité Executivo da Região Europeia da Federação Internacional do Planeamento da Família, e introduziu em Portugal a distribuição gratuita dos primeiros dispositivos intra-uterinos.(...) 

Albino Aroso ocupou cargos governamentais por duas vezes. Em 1976 integrou o VI Governo Provisório como secretário de Estado da Saúde, e entre 1987 e 1991 fez parte do XI Governo Constitucional como secretário de Estado Adjunto da Saúde. Foi um ativista na causa da despenalização do aborto, e o primeiro vencedor do Prémio Nacional de Saúde, criado em 2006 pelo então Ministro da Saúde, Correia de Campos.

Defensor da dignidade e dos direitos da mulher, Albino Aroso foi um dos obreiros mais persistentes na luta contra a mortalidade infantil, contribuindo decididamente para colocar Portugal nos lugares cimeiros deste indicador da saúde, nomeadamente através do trabalho desenvolvido na Comissão de Saúde Materno-Infantil.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media