Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

18 de Novembro de 1978*

Tinha 12 anos e este dia marca o início de uma das minhas múltiplas manias. Há um ano a RTP2 recordou-mo ao passar um documentário sobre o tema (que já vão descobrir qual é).
Se calhar porque estava "habituada" a olhar para grandes mortandades como consequência de guerras ou acidentes (naturais ou não), os acontecimentos de Jonestown nesse já distante 78, que escapavam a essas categorias, impressionaram-me imenso. Lembro-me de ter ficado muito perturbada porque incapaz de entender o porquê. Nos dias seguintes li todos os jornais que podia para tentar arranjar respostas às minhas dúvidas. Ainda hoje não consigo perceber bem porque é que tudo aquilo me marcou. Mas a verdade é que marcou e a data tornou-se uma espécie de momento de viragem na minha relação com o mundo, quase como uma perda de inocência. É verdade que já era uma criança relativamente original, lia jornais (hábito iniciado muito cedo - aos 6 anos - com a secção de bonecadas do Diário de Lisboa) e padecia de uma curiosidade quase patológica. Estas características aumentaram exponencialmente com o 18 de Novembro. Por exemplo, passei, eu mesma, a gastar dinheiro em jornais e revistas e - e agora é que vem a história da mania referida no início - tornou-se habitual criar dossiers de recortes de imprensa sobre acontecimentos específicos e marcantes da actualidade. O meu primeiro dossier é o da tragédia da Guiana, que ainda hoje guardo. Esta mania, que alguns dos meus amigos, consideram... hum, pitoresca, não é fácil de gerir. Para além de ser pólo de tensão frequente com a minha arrumadinha irmã, nos anos em que partilhámos o quarto, transforma qualquer mudança de casa numa epopeia digna de um herói grego.

 

* repescagem de um texto escrito há um ano, a que só alterei o início de uma frase e a que agora junto este documentário (de cerca de 1h30m)

 

Outras imagem: umareportagem da semana passada na MSNBCe a reportagem da NBC da altura dos acontecimentos em duas partes (1 e 2)

2 comentários

Comentar post

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Links

blogs

media