Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

Bagagem de mão - 3 [Luis Moreira]

Libanesa no Rio. Uma mistura à terceira geração. Olhos verdes, tez branca, estrutura óssea que dá mote à descendência. Pomos do rosto salientes, o que lhe alarga os olhos e nariz pronunciado. Alma dorida. De quem sobe a vida a pulso. Trabalha como guia para pagar a escola privada da filha. Não aceita que um país como o Brasil, que tem tudo, não consiga uma vida melhor para os seus cidadãos. Tem dos políticos uma imagem de gente sem vergonha. Digo-lhe que o Presidente Lula tirou da miséria quarenta milhões de pessoas. Olha para mim como se visse o diabo. Nem pensar, é o resultado de vinte anos de desenvolvimento e que ele abocanha como sendo fruto do seu trabalho. Lula é um vaidoso, nem o Brasil conhece, não sai de Brasília e do ar condicionado e, quando sai, é para ir para a Europa mostrar-se. Atrasa o Mercosul para guardar o lugar para si. Chavez, que na sua opinião, envergonha toda a região, não diz uma palavra sem se aconselhar com Lula. Faz de bobo da corte enquanto Lula o papel do grande estadista. Digo-lhe que nem acredito no que me diz. Lula, não é a alma do Mercosul? Vai ser mas ao ritmo que lhe interessa. Não há saída para a região fora do Mercosul. Para acabar de vez com ditadores, golpadas e humilhações. A política dos US na região foi sempre a de dividir para reinar. Encontra sempre quem esteja disposto a fazer o papel de criado. No quadro do Mercosul estas coisas não acontecem. Conservadora, tem uma enorme admiração pela família real portuguesa, cujos descendentes são pessoas de trabalho e grandes brasileiros. Despede-se de mim sem ponta de emoção. Mais um trabalhista...


As suas gargalhadas juntam-se ao fragor das cataratas, energia a rodos e indisciplina à Brasileira. Percebo depressa que os horários vão ao ritmo das suas emoções. Tem o tempo todo, a maior beleza para mostrar, vão por ela que ela é que sabe, e se não virmos tudo é porque não vale a pena. Cinquenta anos bem vividos. Fico a pensar que se fosse um homem todo aquele entusiasmo se resumia a "cherchez la femme"! Tem filhos homens que estão espalhados pelo país. Não sabe nada sobre política e os seus amigos do lado de lá deste paraíso também não. Foi para fugir desse tipo de coisas que veio para esta parte do mundo. Aqui faz o que gosta, vai casar-se com um homem de trinta e quatro anos, da idade dos filhos. Dá uma gargalhada, quem se importa? Digo-lhe que aquele sítio é bom para deixar tudo e recomeçar tudo de novo. Olha para mim com malícia. Também já percebeste?

 

Está aqui há vinte e seis anos. Veio aos vinte e dois para ficar dois anos, como guarda-florestal. Trouxe a mulher que o deixou ao fim de seis meses. É um homem culto, amante da natureza, que vive aqui com a sua segunda mulher e os seus dois filhos. Conta deliciosas histórias dos primeiros homens que chegaram a estas terras e que deram nome aos lugares. Magalhães, claro, mais lá abaixo o estreito que permite a passagem. É prudente a falar de política, o que não casa bem com o seu carácter extrovertido, é uma vantagem estar afastado e não larga mão disso. Quem não os vence afasta-se deles, é a sua versão do "junta-te a eles". A Argentina é um país maravilhoso, enorme, rico mas, infelizmente, a cabeça está nos pés. Futebol a toda a hora, honras para putos que até jogam mal... carneiros só aqui nas grandes pastagens. E quanto ao Mercosul? Claro, é uma esperança, tal como se vê na Europa, mas conseguimos? Enquanto os US estão virados para o Iraque há alguma descompressão, mas depois? Vão voltar-se novamente para Sul e a consistência das políticas não é a mesma da UE. Melómano, acompanha toda a viagem com música de Beethoven, Debussy, Mahler, Tchaikovsky. Conjuga os momentos e os lugares com a música, escolhendo a preceito autores e música. E, é assim, que debaixo de uma chuva torrencial, descobrimos o imenso glacial ao som de Wagner e a sua "Cavalgada das Valquírias"! Inesquecível!


Bagagem de mão - 2

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media