Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

This is a pipe, Mr Hulot's pipe

Mesmo a propósito do que (muito) se discute no «Autismo dos polícias da palavra»,  de França chega-nos mais um exemplo de censura imposta pela brigada do politicamente correcto, que neste caso ultrapassa todos os limites, do ridículo em particular.

 

Numa altura em que na Cinematheque Francaise decorre um ciclo de homenagem a Tati e ao personagem que o imortalizou no imaginário francês, Monsieur Hulot, o «Jacques Tati, deux temps, trois mouvements...», a RATP, o equivalente francês da nossa Carris, decidiu censurar o cartaz que anuncia o evento, ou antes, decidiu censurar o inadmissível cachimbo que é a imagem de marca do personagem mais marcante da comédia francesa.

 

A curadora da exposição recusou que o cachimbo fosse apagado da imagem e sugeriu substituir o cachimbo pelo caligrama «ceci n’est pas une pipe». A proposta  não foi aceite e Macha Makeieff propôs então o moinho de vento que vemos no cartaz aprovado. 

 

O realizador Costa-Gavras, ex-presidente da Cinemateca, declarou ao «Le Parisien» o que todos pensam da coisa, «é absurda e risível. Acho que o faria [Tati] morrer de riso».

 

Quer o Le Monde quer o Liberation têm apontado que os censores deixaram escapar outros detalhes «perigosos» no poster de Tati: por exemplo, Tati e a criança que o acompanha na Solex não têm  capacete. A velha Solex (outro ícone) viola todas as leis anti-poluição e, claro, a criança não viaja num assento de segurança aprovado. Isto para além de uma preocupante sugestão de pedofilia na postura de ambos que os dois periódicos não percebem como a Metrobus, o braço publicitário da RATP, deixou escapar...


3 comentários

Comentar post

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media