Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

O regresso de Tony Blair

 

Para Tony Blair, «a minha fé foi sempre uma parte importante das minhas políticas», embora os seus assessores, um «bando de ateístas» como se queixou a Peter Stothard, não o tenham deixado revelar a influência divina das suas decisões políticas, por exemplo e tal como G.W. Bush,  na guerra do Iraque

 

Mas agora, com os Trabalhistas devidamente «arrumados», o ensino do criacionismo e a segregação religiosa de vento em popa nas escolas britânicas, Blair resolveu devotar-se a espalhar a maleita através daTony Blair Faith Foundation.

 

A iniciativa mereceu várias respostas que valem a pena ler, em particular a de Keith Porteous Wood da National Secular Society : «O senhor Blair sózinho conseguiu fazer mais do que qualquer outra pessoa na promoção da segregação religiosa neste país, encorajando a proliferação de escolas confessionais separatistas. Agora pretende que as crianças de  todas as escolas enfatizem as suas diferenças em vez daquilo que partilham».

 

Wood disse ainda que esta constante divisão das crianças pela sua religião (ou antes, dos seus pais, já que vários estudos indicam  que muito poucas crianças - em Inglaterra pelo menos - se consideram religiosas), não quebra barreiras, bem pelo contrário cria barreiras entre elas. 

 

A revista New Statesman organizou um dossier especial sobre a coisa, «Deus 2009», que vale igualmente a pena ler, nomeadamente as respostas de  Richard Dawkins e Christopher Hitchens.  Christopher Hitchens considera que, já que Blair se preocupa tanto com crianças, faria melhor em dedicar os muitos milhões de libras da sua fundação «a combater a mutilação genital das crianças de ambos os sexos; combater os casamentos entre menores de idade; fazer campanha pela contracepção; apelar a um édito islâmico contra os ataques suicida; apelar a uma decisão rabínica contra o roubo de terra não judaica». Acho que não o diria melhor.

12 comentários

Comentar post

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media