Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

Bravo!

"O polícia entrou na sala de aula sem avisar. E disse: «ninguém sai do lugar! mochilas no chão! E mãos em cima da mesa!». Depois esperámos uns 10 minutos, sem nos mexermos e sem dizer nada, havia colegas minhas assustadas, ficámos ali que tempos com as mãos em cima da mesa sem saber o que fazer. Depois entraram uns cães e cheiraram tudo. O polícia saiu mais os cães e nós ficámos com caras de parvo, sem saber o que fazer. Lá fora, viemos depois a saber, estavam várias carrinhas da polícia a revistar toda a gente, o X foi revistado e foi assim em todas as salas. E noutras escolas do agrupamento também. Foi um bocado assustador, pai, e nem sei bem para que serviu um aparato daqueles".

Relato da minha filha há pouco, a contar o que aconteceu hoje na escola. Fiquei muito mais tranquilo por saber que a polícia zela pela segurança dos nossos jovens. Julgava eu que eram só rusgas nos autocarros carregados de putos que vão fazer a festa de finalistas a Torremolinos, mas afinal não. Estou certo de que apanharam quilos de haxixe escondidos nas lancheiras, ocultos nos smartphones e dissimulados nos cadernos. É que, como toda a gente sabe, as cargas seguem diretamente das praias do Algarve para Sintra, vindas de Marrocos, e os grandes traficantes de droga são alunos daquela escola. A menos que os cães andassem a cheirar propaganda do Daesh, que também prolifera por aqui. Seja como for, tenho a certeza que também foram aos colégios queques, tipo Vasco da Gama e Ramalhão, e não apenas ao agrupamento. Ah espera, se calhar não, que não deve haver pretos por lá e os meninos ricos não fumam charros, só cantam salmos e rezam a Nosso Senhor, tinha-me esquecido.

(adenda: são 00:05 e acabei de enviar email à direção do agrupamento da escola, pedindo esclarecimentos sobre o assunto)

 

Epílogo: Segundo esclarecimento da direção da escola, a ação foi solicitada pela mesma, no âmbito de um "programa de sensibilização para os consumos de substâncias ilícitas" e foi apresentado aos representantes dos encarregados de educação (a posteriori mas não previamente, como pensei), não tendo merecido qualquer objeção. Refere ainda que a quantidade de droga apreendida foi "maior" do que o previsto. A minha opinião e as eventuais reservas que tenha acerca deste evento é, evidentemente, uma outra questão. Nada mais tenho, portanto, a acrescentar, a não ser dizer que o sarcasmo deste post é injustificado.

5 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Alvaro 24.02.2015

    Caro latemdias: a questão aqui, quanto a mim, tem a ver com o procedimento. A polícia não pode entrar numa sala de aulas com o aparato descrito e fazer uma rusga, ainda por cima a menores, sem o consentimento ou, pelo menos, o conhecimento dos responsáveis.

    A menos que haja suspeita de estar a ser perpetrado um crime, que haja indícios flagrantes ou pedidos de ajuda. Parece-lhe que isso aconteceu? Ou foi apenas uma intervenção preventiva, dissuasora e de demonstração de força?
  • Sem imagem de perfil

    Shutter Friendly 26.02.2015

    Os cães apenas cheiram e identificam. Para se mexer nos pertences, será necessário que haja cooperação e vontade da pessoa identificada, excepto se já for referenciada e houver ordem/autorização específica para apreender bens.
  • Sem imagem de perfil

    Láestáedeixaestar 27.02.2015

    Na verdade, houve um "pedido" e não só da direção deste agrupamento, mas de alguns alunos. O estabelecimento em frente à escola conhecido como "Ti Reis" é quase que um centro de movimento deste tipo de substâncias ilícitas e já houve vários desacatos neste estabelecimento relacionados com droga. Todos sabemos que as pessoas que frequentem esse estabelecimento são daquela escola e a policia também o sabe, portanto é mais do que justificada uma rusga.
    Agora a questão do consentimento, o que acontece é, se um cão (treinado para identificar estas substâncias), indicar que alguém as possui, é um motivo de força maior para vasculhar o que quer que seja, porque tudo indica que aquela pessoa está a cometer um ato ilícito e na verdade está a ser apanhada em flagrante. E já agora o "aparato descrito" na verdade não foi um "aparato" a policia bateu à porta, era possível dialogar com os agentes, eles justificaram-se, portanto não foi um aparato com se fossem criminosos. Agora como já disseram ai em cima, parem de se armar em donzelas indefesas que pelos vistos a rusga foi mais que justificada e demonstrou te resultados positivos. Agora, "apreender bens"?! Ninguém referiu, nem aconteceu a apreensão de um "bem", a única coisa apreendida foram substâncias ilícitas que certamente não quereria que ficassem com os adolescentes. E já agora a "demonstração de força" já é um argumento contra a policia um pouco cliché, qualquer movimento que alguém fardado faça já uma demonstração de força e/ou abuso de poder.
  • Sem imagem de perfil

    Anonimo 03.05.2015

    Mas deixa estar os fumadores no ti reis, a policia que se preocupe mas e com os verdadeiros crimes como furtos e homicídios e traficantes de crianças etc. e deixem os miúdos ' fumarem as suas ganzas em paz cada um escolhe o prato onde come.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Arquivo

    Isabel Moreira

    Ana Vidigal
    Irene Pimentel
    Miguel Vale de Almeida

    Rogério da Costa Pereira

    Rui Herbon


    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    Comentários recentes

    • Fazem me rir

      So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

    • Anónimo

      Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

    • Anónimo

      Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

    • Anónimo

      "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

    • Anónimo

      apos moderaçao do meu comentario reitero

    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D

    Links

    blogs

    media