Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

jugular

Permanências a martelo a propósito de um "até aqui"

A leviandade com que se dizem certas coisas perturba-me. As palavras têm funções e significados específicos. "Até aqui", por exemplo, dá ideia de algo que perdura há muito tempo. Isto vem a propósito de uma frase no Expresso de hoje (não sei se foi ou não dita por Manuela Ferreira Leite).
«A ex-ministra da Educação questiona ainda a razão pela qual o Governo quebrou o protocolo com o Cambridge School. Até aqui, os alunos do 9ºano realizavam um exame de inglês e obtinham um diploma certificado por aquela instituição. “Fiquei perplexa. Se calhar não será nocivo para os alunos ter um diplomatizo com o nível de inglês...”, considerou.» (aqui)
Quem ler isto pressupõe que há muito tempo que os testes de Cambridge existiam e que esta permanência foi bruscamente interrompida. Ora bem, tais testes foram feitos pela 1ª vez, a título experimental, em 2014 e foi em 8 de julho de 2015 - há 6 meses - que Crato anunciou que passariam a ser feitos, e a contar para a nota, pelos alunos do 9º ano.
Ou seja, o "até aqui" nunca aconteceu, ia passar a acontecer em abril ou maio de 2016. Mas isso não interessa nada, o que conta é que a perceção das pessoas é construída e ficam com a sensação que "tudo foi rebentado".

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D

Links

blogs

media