Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

jugular

Iorda

Realiza-se hoje (finalmente), às 20.30, o merecido jogo de homenagem a Iordanov. É o jogo de homenagem mais estranho de sempre, ou não tivesse quem homenageia sido obrigado a realizá-lo. Atitudes como estam marcam negativamente o Sporting e representam a sua exacta negação. O Sporting — O Sporting! — indepentendemente das razões jurídicas que lhe pudessem assistir, não se recusaria a prestar homenagem a um dos seus jogadores mais queridos e carismáticos. Por falar em jogadores queridos e carismáticos, Acosta também vai estar presente. Os gatinhos que por agora lá andam a arranhar estofos que aproveitem para aprender alguma coisa.

Mais uma aberração jurídica

Tenho andado com pouco tempo para jugular, o que é uma lástima, mas não queria, neste dia em que nada de especial se passa, passar sem deixar uma palavra em relação ao vergonhoso caso dos castigos aplicados a Hulk e a Sapunaru. Quando falo em vergonha, e este é de resto o ponto, não me refiro à medida das penas (a original e esta outra) nem sequer à abissal diferença entre as mesmas. Refiro-me, isso sim, ao facto de ainda  ninguém se ter lembrado de impor efeito suspensivo aos recursos interpostos das decisões do órgão que lavrou a primeira decisão. Com tão simples medida, o Hulk teria jogado até agora e começaria apenas agora (se é que a sentença já transitou em julgado — ontem alguém defendia que não) a cumprir  os três  jogos de castigo que lhe foram ditados. Da forma como as coisas estão estruturadas, não se enganem com os três jogos de castigo aplicados anteontem. Na verdade, Hulk apanhou dezoito jogos, uma vez que a decisão original — a tal que impunha quatro meses de castigo — produziu efeitos até Quinta-Feira. Esta última decisão decide como que sem total prejuízo do anteriormente decidido, na medida em que não evita os efeitos parciais (e podiam ser totais) — decorrentes do tempo em que a primeira decisão "vigorou" — da decisão revogada.

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media