Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

jugular

Teorias da conspiração: Esta gente passa-se big, big time

Os meios noticiosos venezuelanos, estatais ou controlados pelo Estado, noticiam em grandes parangonas o último passanço do presidente deste país, que,  aparentemente, foi contaminado pela onda de loucura que a catástrofe no Haiti provocou. Esta onda atingiu a sua amplitude máxima em Hugo Chávez que acusou os Estados Unidos de terem provocado o sismo com uma arma experimental

Um must read

Cristopher Hitchens na Slate fala do terramoto de Lisboa e da sua relação com a catástrofe no Haiti. «A Fault Is Not a Sin: It's idiotic to blame anything other than geology for the Haitian earthquake» fala igualmente do que abordo no post anterior, os dislates de Pat Robertson e a natureza do auxílio que é prestado às vítimas por ONGs religiosas:

Currently, the cry is that Robertson is out of step and that it is Christian charities that are doing the hardest work. By all means let the pious agree to keep God out of it (though I wonder if that doesn't make them feel slightly insipid). However, the heaviest lifting will, in fact, be done by nonreligious outfits like UNICEF and the International Red Cross (which may sound Christian, but isn't). The biggest work of all will be performed by carrier groups and airborne brigades of the United States, the taxpayer-financed forces of a secular republic.

Non-Believers Giving Aid

Uma das coisas que mais me baralhou com os passanços dos tele-evangelistas acerca do Haiti, em particular com o de Pat Robertson, foi o facto de a Operation Blessing, fundada por Robertson, ser uma das ONGs que convida o público em geral, mesmo através do Facebook, a contribuir monetariamente para o alívio das provações no Haiti. Considerando as afirmações de Robertson no seu programa e que este, a sua mulher e filho, fazem parte da direcção da ONG, não sei exactamente que ajuda esta organização pretende levar aos haitianos: orações para renunciarem ao pacto com o Demo?

Esta gente passa-se mesmo real big time!

Rush Limbaugh, um teo-fazedor de opinião,  foi mais um dos que se passou big time em relação ao Haiti. Não contente em dizer que Obama utilizará o Haiti para aumentar a sua credibilidade «na comunidade negra» dos EUA», mais concretamente na «light-skinned and dark-skinned black community in this country», aconselhou os seus ouvintes a não doarem um cêntimo para o fundo da Casa Branca para o Haiti porque «you’ll probably just end up on an Obama campaign mailing list – and a big chunk of your donation will get siphoned off by government bureaucrats.». Para além disso, há o perigo de Obama e a «esquerda» norte-americana usarem a catástrofe para instalarem um regime comunista no Haiti!

 

Quando interpelado por uma ouvinte que se indignou com as bárbaras afirmações sobre uma catástrofe que mobiliza todas as pessoas com um pingo de decência, Rush Limbaugh respondeu  «O que eu estou ilustrando aqui é que você é uma besta. O que estou ilustrando aqui é que você é uma fanática de mente fechada que está mal informada. ... E se você tivesse ouvido este programa por um mínimo de tempo  saberia disso. Mas ao invés disso você é uma besta. A sua mente está totalmente fechada. Você tem tampões nos ouvidos. Nada passa a não ser a porcaria tendenciosa que lê.»

 

Vale a pena ouvir o comentário de Eugene Robinson, prémio Pullitzer em 2009 e editor assistente do Washington Post, sobre o passanço de Limbaugh e de Robertson em relação ao Haiti:

Haiti - quando a natureza "dá uma ajuda"

No país mais pobre do mundo, desviam-se corpos para os camiões passarem. No país mais pobre do mundo, bloqueiam-se estradas com cadáveres. O país mais pobre do mundo fica à esquerda na imagem (à direita, a República Domicana). A natureza fez a vontade ao papa doc - que arda no inferno! -, aos seus herdeiros e a quem lhes deu licença.

Esta gente passa-se big time

Parece que o recente desastre do Haiti apela ao melhor e ao pior da humanidade. Para além de Pat Robertson, mais alguém afirmou, em off, é certo,  que há causas sobrenaturais envolvidas no choque de placas tectónicas que destruiu Port au Prince. Desta vez foi o cônsul do Haiti no Brasil, Gerge Samuel Antoine, que, para além de dizer que o terremoto "está sendo uma boa para a gente aqui",  afirma que o terremoto pode ter sido causado por "macumba" ou, quiçá, pela maldição que o africano tem em si.  Porque há mais alucinados neo-pentecostais com acusações de maldições, pactos com demónios e afins, é quasi obrigatório ler «Pat Robertson Not Alone in Demonizing Haiti», que explica o chamado Boukman Contract (com o Diabo) que, supostamente, possibilitou que o Haiti fosse a primeira colónia negra livre.  Assim como é obrigatório ouvir outro embaixador haitiano, agora nos EUA, responder a Robertson.

Esta gente passa-se big, big time!

O mais famoso teocrata norte-americano – ex-candidato à presidência dos EUA, fundador da Coligação Cristã e director executivo da CBN (Christian Broadcast Network) – conhecido devido às barbaridades pérolas redondas que debita profusamente, insiste em não deixar os seus créditos por mãos alheias. O primeiro comentário do tele-evangelista  Pat Robertson à tragédia que acontece no Haiti, que sofreu há minutos outra réplica, foi que o terramoto pode ser uma bênção para o país. Na edição de hoje do seu programa na CBN explica porquê: há muito, muito tempo, no tempo de Napoleão III e não sei mais quê, o pessoal do Haiti revoltou-se com o jugo francês e fez um pacto com o Diabo. A partir daí foram amaldiçoados. Logo esta tragédia até pode ser uma coisa boa se os haitianos se virarem para Deus.

 

Os nossos leitores que considerem ineficiente (para não lhe chamar outra coisa ) a "receita" de Robertson, rezas para que os haitianos se virem para deus, podem ajudar doando, pouco que seja, para, por exemplo, os Médicos Sem Fronteiras.

 

Arquivo

Isabel Moreira

Ana Vidigal
Irene Pimentel
Miguel Vale de Almeida

Rogério da Costa Pereira

Rui Herbon


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Fazem me rir

    So em Portugal para condenarem um artista por uma ...

  • Anónimo

    Gostava que parasses de ter opinião pública porque...

  • Anónimo

    Inadmissível a mensagem do vídeo. Retrocedeu na hi...

  • Anónimo

    "adolescentes e pré-adolescentes pouco dados à int...

  • Anónimo

    apos moderaçao do meu comentario reitero

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D

Links

blogs

media